Banco da Amazônia inicia celebrações dos 30 anos do Fundo de Financiamento do Norte

Nesta quarta-feira, 27, o Banco da Amazônia deu início às comemorações pelos 30 anos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), regulamentado em 27 de setembro de 1989. A celebração foi no município de Irituia, nordeste do Pará, com o primeiro Seminário Integrado do FNO. A iniciativa faz parte de uma ação do Banco, que ocorrerá em 450 municípios da Região Norte.

Ao longo desse tempo, foram 700 mil operações contratadas, totalizando R$ 45 bilhões aplicados na região Norte, gerando 2,7 milhões de empregos, R$15 bilhões em salários, arrecadação de tributos superior a R$22 bilhões e crescimento de R$80 bilhões no PIB da região.

Uma resposta para “Banco da Amazônia inicia celebrações dos 30 anos do Fundo de Financiamento do Norte”

  1. O FNO financia investimentos de longo prazo e, complementarmente, capital de giro ou custeio. Alem dos setores agropecuario, industrial e agroindustrial, tambem sao contemplados com financiamentos os setores de turismo, comercio, servicos, cultural e infraestrutura. As empresas e os produtores rurais que desejarem iniciar, ampliar ou modernizar atividades produtivas, na Regiao, podem contar com o apoio do Fundo para financiar seus empreendimentos com prazo de pagamento diferenciado e baixas taxas de juros. O Banco da Amazonia, anualmente, elabora e submete ao Ministerio da Integracao Nacional (MI) e a Sudam, Proposta de Aplicacao de Recursos Financeiros do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte, a qual contempla, dentre outros aspectos, as estrategias de acao e os programas de financiamento, alem dos planos estaduais de aplicacao de recursos. O processo de elaboracao da Programacao FNO, alem da observancia a legislacao que regulamenta os fundos constitucionais, adota metodologia participativa, a partir da realizacao de reunioes de trabalho em cada um dos sete Estados que compoem a area de abrangencia do Fundo, essa metodologia envolve representantes das tres esferas do governo Federal, estaduais e municipais, bem como representantes do setor produtivo e da sociedade civil organizada. Em 2019, a Programacao do FNO mantera o tratamento diferenciado e favorecido aos projetos de mini e pequenos produtores rurais, as micro e pequenas empresas, aos empreendimentos produtivos localizados em espacos prioritarios definidos pela PNDR, principalmente no que se refere ao percentual de limite de financiamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *