No Estadão: Gigante dos alimentos se aproxima de startups

Mesmo uma boa receita de família às vezes só sobrevive se for adaptada ao paladar das novas gerações. Com mais de 65 anos, a fabricante cearense M. Dias Branco, dona das marcas Adria, Piraquê, Isabela e de outros rótulos mais fortes no mercado nordestino, decidiu este ano que era hora de procurar parcerias para investir em inovação.

A fabricante, que responde por um terço das vendas de massas secas e de biscoitos no País, promoveu, neste semestre, a primeira edição do Germinar – um programa que conectou a companhia a startups. O objetivo era descobrir projetos para ampliar o portfólio de produtos da fabricante. 

A ideia nasceu em um processo iniciado alguns meses antes, com uma viagem de executivos a polos de inovação globais, incluindo o Vale do Silício, na Califórnia (EUA), que abriga as maiores empresas de tecnologia do mundo.

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão