REITOR DA UFRA É ESCOLHIDO ENGENHEIRO AGRÔNOMO DO ANO DE 2017 PELA AEAPA

Foi realizada na noite da última quarta-feira, 13, em Belém, a solenidade de entrega de comendas em homenagem aos profissionais da Agronomia e do Agronegócio do ano de 2017, promovida pela Associação dos Engenheiros Agrônomos do Pará (AEAPA). A principal comenda da noite, a de Engenheiro Agrônomo do Ano, foi concedida ao Reitor da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), Professor Marcel do Nascimento Botelho. A cerimônia, realizada anualmente, ocorreu na sede do Clube dos Engenheiros do Pará.

A honraria é concedida àqueles profissionais que se destacaram na área da Agronomia no estado, e a escolha é feita pelos decanos da Associação. “O nome do professor Marcel foi aclamado. Ele é engenheiro agrônomo, um excelente professor, uma pessoa dedicada à carreira acadêmica e conhecedor da realidade agropecuária do Pará. E tem um diferencial, que é a habilidade de ser um grande articulador. Para a sociedade agronômica é uma honra e um prazer ter um engenheiro agrônomo na Reitoria da Ufra”, afirmou o presidente da AEAPA, Mérisson Rezende de Morais.

A comenda foi entregue ao Professor Marcel Botelho pelo presidente da entidade, juntamente com o presidente da Federação de Agricultura do Pará (FAEPA), Carlos Fernandes Xavier, e com o pai do homenageado, o também engenheiro agrônomo Celso Iran Puget Botelho.

Para o Reitor, a honraria não é apenas uma satisfação pessoal: “Receber essa homenagem enquanto reitor engrandece muito também a nossa Universidade. Para uma instituição que tem no agrário a sua raíz, esse prêmio reforça a nossa Universidade como uma protagonista no setor agropecuário do estado”, disse ele, afirmando que a Ufra é uma das grandes responsáveis pela formação dos agrônomos da Amazônia brasileira.

Para o Professor José Maria Hesketh Conduru, que também esteve presente na cerimônia, é inegável o mérito do Reitor da Ufra, e acrescenta que o prêmio é também um reconhecimento de tudo o que a Ufra representa como entidade que forma profissionais de agronomia na região. “Nós vivemos um momento muito especial porque a Ufra teve o seu curso de pós-graduação classificado com a maior nota da Capes, que é a nota 5. Isso mostra a pujança do curso de Agronomia, que, apesar de ser o mais antigo, ainda é aquele que tem mais vigor”.

Durante o discurso de agradecimento, o Reitor destacou a importância de todos os que, de alguma maneira, participaram de seu percurso acadêmico-profissional. “É preciso reconhecer a colaboração dos mestres, colegas de turma, alunos, ex-alunos e colegas de profissão. Todos vocês de alguma forma contribuíram com a minha formação”. E finalizou: “Se tivesse a chance de começar de novo, eu certamente começaria pela Agronomia. Todas as profissões são importantes, mas sem alimento nenhuma delas sobrevive, e nós somos os responsáveis pela produção de alimentos no mundo. Essa é a nossa missão, e é isso o que faz o mundo cada vez melhor. Esse prêmio eu divido com todos os engenheiros agrônomos e todos aqueles que me ajudaram a chegar aqui”.

Durante a solenidade, outro docente da Universidade, o Professor Breno Colonnelli do Campus de Paragominas, foi um dos agraciados com a comenda de Mérito Agronômico da AEAPA. “O reconhecimento é algo que todos nós trabalhamos bastante para ter, e eu vejo a Ufra como a protagonista na área da Agronomia. A gente forma os agrônomos – eu mesmo sou formado pela instituição -, e eu não poderia receber essa homenagem ser dar o devido mérito à Universidade”, declarou.

A Diretoria da Associação também fez uma homenagem ao Professor aposentado da Ufra Walmir Hugo dos Santos, que foi um dos fundadores da entidade. Além de reconhecer os profissionais, a cerimônia também celebrava o aniversário de 50 anos da AEAPA. Entre as comendas entregues estavam também as de mérito acadêmico, menção honrosa institucional, produtor familiar, imprensa e produtor do agronegócio empresarial. O prêmio de Engenheiro Agrônomo do Ano foi o último da noite a ser anunciado.

Também participaram do evento o Professor Luiz Gonzaga da Silva Costa e a Pró-Reitora de Assuntos Estudantis da Ufra, Professora Iris Lettiere da Silva.